A ANPEGE – Associação Nacional de Pós-graduação em Geografia realizará entre os dias 12 a 15 de outubro de 2017 o XII ENANPEGE. O tema escolhido para o evento é Geografia, Ciência e Política: do pensamento à ação da ação da ação ao pensamento. A escolha deste tema se associa a conjuntura nacional vivida nesses dois últimos anos e, tem como intensão convidar a comunidade geográfica brasileira, vinculada aos programas de Pós-graduação em Geografia, professores, estudantes de pós-graduação e profissionais que se dedicam à pesquisa em Geografia nos mais de 60 programas distribuídos pelo território nacional, ao debate e ação. Com a escolha deste tema a diretoria indica a necessidade de pensar a Geografia brasileira, em suas diferentes escalas e na sua diversidade em vínculo, de um lado com a produção do conhecimento e os avanços necessários para a compreensão do mundo atual e, de outro a reflexão sobre o papel político desta produção. Ou seja, contribuir para a explicitação dos processos sócio políticos contemporâneos que promovem uma avassaladora ordem de questões implicadas com os diferentes usos do espaço, com consequências humanas como descriminação, exclusão e extermínio, decorrente do uso desigual e excludente do espaço geográfico. Uma análise de uma sociedade fragilizada e fragmentada, em diferentes escalas, em seu espectro social e político constitui o mote desta proposição. 

O logo, a identidade visual do XII ENANPEGE, artisticamente elaborado para representar este evento, expressa ao fundo a dispersão da onda produzida pelo impacto da gota d`água associado a dispersão de ondas de telecomunicação. Uma leitura possível desta imagem é compreender está propagação a partir de ondas que delineiam a América Latina, e nesse contexto a posição de Porto Alegre, como lugar de acolhimento de congressistas/encontristas e dispersão do conhecimento identificado com a ação social. Esta leitura nos remete a reflexão sobre a necessidade de falarmos a partir de nós geógrafos, de nossos lugares, buscando um diálogo planetário com autonomia e crítica, no campo científico e social. 

O convite está feito, esperamos todos e todas em Porto Alegre em breve.

 

A Diretoria da ANPEGE 
Gestão 2016/2017

PPGEO NA ENANPEGE 2017

GT: Geografia e Ordenamento territorial das grandes obras de empreendimentos na Amazônia

A Amazônia brasileira vem nas ultimas décadas recebendo influências internas e externas que tem alterado as dinâmicas sociais e ambientais dessa região. A ocupação no período colonial iniciou e estimulou uma era de exploração da biodiversidade amazônica de maneira crescente, refletindo no que se vê nos dias de hoje, onde grandes áreas desmatadas/mineradas e poluídas destacam-se na paisagem ora verde. Dentre esses impactos, as construções de grandes obras revelam-se como um importante modelador territorial da realidade amazônica, modificando os modos de vida e a biodiversidade regional em benefício do desenvolvimento econômico dos grandes centros brasileiros e das grandes multinacionais estrangeiras. Nesse sentido, o GT (Geografia e Ordenamento Territorial das Grandes Obras de Empreendimentos na Amazônia) proposto volta-se para as intervenções do estado brasileiro nos últimos cinquenta anos, com destaque para as políticas territoriais em curso na Amazônia que predominam nas estratégias de desenvolvimento regional e impactam o território e seus recursos. Assim, procura-se discutir acerca da construção e operação dos chamados grandes empreendimentos, dentre estes, aqueles voltados para a atividade mineral, portuária, rodoviária, hidroviária, ferroviária, de geração de energia e os agropecuários, sendo que todos, independente do grau de impacto regional, vem de alguma forma interferindo na relação da sociedade amazônica e seu entorno. Nesse sentido, o GT dará destaque para as análises sobre esses impactos socioeconômicos e ambientais dessas atividades na Amazônia, procurando demonstrar e colocar em debate o processo de ocupação do território amazônico, tendo como elementos para analises a representação cartográfica e os processos socioespaciais na região (gerador de novos impactos e contextos sociais).

Coordenadores

Prof. Dr. João Marcio Palheta da Silva - PPGEO - UFPA
Prof. Dr. Flavio Rodrigues Nascimento - POSGEOGRAFIA - UECE

Prof. Dr. Ricardo José Batista Nogueira - PPGG - UFAM
Prof. Dr. Jovenildo Cardoso Rodrigues - PPGEO- UFPA

Suplentes

Prof. Dr. Christian Nunes da Silva - PPGEO - UFPA
Prof. Dr. Ricardo Angelo Pereira de Lima - PPGDR - UNIFAP

PARCEIROS