Área Básica: GEOGRAFIA

Nível: Doutorado

IES: UFPA/Universidade Federal do Pará

Projeto: Variabilidade hidroclimática e impactos antropogênicos em bacias urbanas e rurais no Estado do Pará

Período: 2014 – Atual

Descrição: O presente projeto representa uma etapa inicial de estudos sobre geomorfologia antropogênica, hidrogeomorfologia e climatologia tendo como unidade de análise a bacia hidrográfica no contexto de mudanças climáticas globais. As bacias hidrográficas refletem um quadro ambiental complexo que abrange uma variedade de aspectos naturais e humanos que interagem no tempo e no espaço. A contribuição dos estudos de geomorfologia antropogênica vem crescendo nas últimas décadas e tem ajudado a compreender a dinâmica dos processos que estão sendo alterados pela atividade essencialmente humana, sobretudo em áreas urbanas e rurais que tem resultado na criação de novas formas de relevo, novos solos e alteração dos processos fluviais. Como área piloto do projeto teremos: a área central de Belém também conhecida como 1ª Légua Patrimonial, onde elencamos como bacias experimentais (Bacia do Tucunduba, Bacia da Estrada Nova, Bacia da Tamandaré, Bacia do Reduto e Bacia das Armas). Essas bacias estão localizadas na área de maior adensamento urbano da cidade, apresentam elevado grau de edificações, extensas superfícies impermeáveis, baixa quantidade de cobertura vegetal e intervenções na rede de drenagem. E a bacia urbana-rural do Lageado no município de Paraupebas que apresenta características de uso rural mas também é a principal zona de expansão urbana da cidade. O objetivo geral é avaliar o impacto das alterações climáticas no período de 30 anos (sobretudo a precipitação) na dinâmica hidrogeomorfologica das bacias hidrográficas em estudo.

Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4).

Integrantes: Christian Nunes da Silva - Coordenador / Franciney Carvalho Ponte - Integrante / Carlos Jorge Castro - Integrante / José Edilson Cardoso Rodrigues - Integrante / Luziane Mesquita Luz - Integrante / Rita Denize de Oliveira - Integrante.

Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro.

Projeto: Indicação Geográfica do Queijo Marajó

Período:  2014 - Atual

Descrição: O projeto objetiva identificar e delimitar a localização de produção do queijo marajoara. Para isso, a equipe de pesquisa, participa de pesquisas de campo e reuniões nos locais onde se identificou a produção do queijo Marajó. A identificação da origem da produção do queijo Marajó leva em consideração os aspectos geográficos e culturais das comunidades produtoras, visando reconhecer este produto como fruto de uma cultura que vem desenvolvendo artesanalmente um produto exclusivo da região de produção.

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Christian Nunes da Silva - Integrante / Sérgio Cardoso de Moraes - Integrante / Gilberto de Miranda Rocha - Coordenador / Mario Vasconcelos Sobrinho - Integrante.

Financiador(es): Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequena Empresas do Pará (PA) - Auxílio financeiro.

Projeto: Mapeamento participativo e estratégias de sobrevivência de populações tradicionais na Amazônia paraense

Período:  2013 - Atual

Descrição: O presente projeto pretende realizar um diagnóstico e análises a partir de dados de campo e de levantamentos cartográficos sobre as atividades de subsistência realizadas por populações tradicionais, apresentando algumas categorias de análise territorial que podem ser trabalhadas no uso dos recursos naturais, levando em consideração os modos de vida de populações tradicionais; a abrangência territorial sob influencia da pesca e os mecanismos de representação espacial em ambiente computadorizado que estão disponíveis na atualidade, e que podem surgir a partir de mapeamentos participativos. Esta análise partiu da consideração de que a produtividade gerada da execução das chamadas estratégias de sobrevivência de populações tradicionais são de extrema importância para o abastecimento dos centros urbanos. Nesse sentido, novos procedimentos metodológicos e processos tecnológicos têm engendrado ao uso dos recursos naturais na Amazônia uma significância cada vez maior, tanto pela aparente exaustão dos recursos, quanto pelo reconhecimento protéico e funcional que os produtos naturais têm ganhado nos últimos anos, como forma de alimentação adequada para a manutenção da qualidade de vida do consumidor. Dessa forma, essa pesquisa buscará também verificar e discutir sobre a viabilidade do uso de geotecnologias no mapeamento participativo do ordenamento territorial de populações tradicionais da Amazônia Paraense, buscando entender como esse ordenamento territorial pode integrar: informações sobre o modo de vida das populações tradicionais; geotecnologias; informações sobre equipamentos utilizados na captura do pescado e de outros recursos naturais e; a legislação brasileira vigente. As pesquisas bibliográficas e de campo (na vila Maiuatá, Município de Igarapé-Miri, Estado do Pará), integradas a dados oriundos do mapeamento participativo em campo, além dos trabalhos em laboratório, com utilização de técnicas de geoprocessamento sobre produtos do sensoriamento remoto, permitirão mapear o momento dinâmico de algumas relações sócio-espaciais e estruturais por que passa a área de pesquisa estudada, evidenciando como os mecanismos da cartografia podem servir de auxilio ao ordenamento dos recursos naturais, por parte tanto dos gestores públicos, quanto dos próprios usuários que poderão ver no mapa suas territorialidades.

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1).

Integrantes: Christian Nunes da Silva - Coordenador / João Márcio Palheta - Integrante / Clay Anderson Nunes Chagas - Integrante / Franciney Carvalho Ponte - Integrante / Orquidea Vasconcelos dos Santos - Integrante.

Financiador(es): Universidade Federal do Pará - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Uso do Território e Impactos Sócio-Ambientais da Atividade Mínero-Metalúrgica nas cidades de Parauabepas e Juruti, no estado do Pará

Período: 2012 - 2013

Descrição: Analisar, examinar e diagnosticar os impactos da atividade mínero-metalúrgica no Estado do Pará, em especial nos municípios de Parauabepas e Juruti e seus desdobramentos sócio-ambientais, populacionais, no reordenamento do espaço agrário, na redefinição da dinâmica econômica local e nas finanças públicas municipais a partir da chegada dos grandes empreendimentos mínero-metalúrgicos.

Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Christian Nunes da Silva - Integrante / Carlos Leão Bordalo - Integrante / João Márcio Palheta da Silva - Coordenador / Clay Anderson Nunes Chagas - Integrante / Otavio do Canto - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Cadeia produtiva da pesca artesanal no Estado do Pará

Período: 2012 - Atual

Descrição: Esta proposta tem objetivo de entender o processo de produção e comercialização do pescador artesanal do estuário na Amazônia, construir estratégias competitivas que possibilitem direcionar a produção de produtos de espécies pesqueiras por meio da adição de valor via melhoria da qualidade do produto e analisar a competitividade do pescado no mercado da Amazônia e no Brasil. Os setores estudados serão o setor de pesca artesanal voltado para consumo e para comercialização do pescado (pescador ribeirinho e frota pesqueira), o setor industrial, a comercialização do pescado e o manuseio e conservação do pescado. Isso será feito através de entrevistas semiestruturadas na região de Belém e Abaetetuba. Os resultados serão analisados com vistas a mapear os gargalos de cada segmento do setor e políticas para o desenvolvimento setorial.. 

Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Christian Nunes da Silva - Integrante / Oriana Almeida - Coordenador / Sérgio Rivero - Integrante / Carmelita Ribeiro - Integrante / Marta Caetano - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: AguaSocial - social innovation in the water treatment sector in the Amazon

Período: 2014 - Atual

Descrição: projeto de mobilidade acadêmica entre a Universidade Federal do Pará, A universidade do estado do Amazonas, a Universidade Roma Tre (Italia), a Universidade de Leeds (Inglaterra) e a Universidade Autonoma de Barcelona (Espanha) com vistas a desenvolver atividades nas área de uso dos recursos hídricos. 

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissionalizante: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Claudio Fabian Szlafsztein - Integrante / Gilberto de Miranda Rocha - Coordenador / Ronaldo Lopes Rodrigues Mendes - Integrante.

Financiador(es): Comunidade Europeia - Cooperação.

Projeto: Capacitação para minimizar as vulnerabilidades das comunidades costeiras no enfrentamento aos fenômenos meteorológicos extremos e as mudanças climáticas

Período: 2014 - Atual

Descrição: Projeto de cooperação e mobilidade cientifica entre a Universidade Federal do Pará e a Universidade de Oriente (CUBA) nas áreas de gestão costeira e adaptação a mudanças climáticas.. 

Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissionalizante: (1) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Claudio Fabian Szlafsztein - Coordenador / Ofelia Perez Montero - Integrante.

Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

Projeto: Pará 2014- Riscos de desastres climáticos e seus impactos sobre a segurança hídrica e alimentar no estado do Pará no contexto das mudanças climáticas

Período: 2014 - Atual

Descrição: O projeto tem como objetivo discutir preliminarmente diversos cenários futuros para o estado do Pará no contexto de mudanças climáticas em particular os temas da segurança hídrica e alimentar. 

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2).

Integrantes: Claudio Fabian Szlafsztein - Coordenador / Milena Marilia Nogueira de Andrade - Integrante / Márcia Aparecida da Silva Pimentel - Integrante.

Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro.

Projeto: Geopolítica das Mudanças Climáticas e Políticas Públicas Subnacionais: a atuação dos Governos Estaduais da Amazônia

Período: 2013 - Atual

Integrantes: Claudio Fabian Szlafsztein - Integrante / Alberto Teixeira da Silva - Coordenador / Mario Amin - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Período: 2010 - 2012

Projeto: Monitoramento e previsão de alerta de desastres para ação de defesa civil da Amazônia Legal.

Descrição: o projeto objetiva o estabelecimento de um sistema de monitoramento através de atividades de pesquisa científica e tecnológica para análise e divulgação de alertas de desastres naturais associados a eventos meteorológicos, climáticos e hidrológicos com potenciais riscos à população e ao meio ambiente sobre a Amazônia Legal, integrado às instituições que compõem o Sistema Nacional de Defesa Civil nas esferas: federal, estadual e municipal da Amazônia Legal, assim como a sociedade civil residente nas principais áreas de risco, para uma tomada de decisões e preparação de ações visando minimizar os danos e otimizar os recursos.

Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (6).

Integrantes: Claudio Fabian Szlafsztein - Integrante / Edson José Paulino da Rocha - Coordenador / Everaldo B. de Souza - Integrante.

Financiador(es): Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia - Auxílio financeiro.

Projeto: Desenvolvimento do Meio Rural e Conservação da Biodiversidade nas Reservas da Biosfera da Amazônia - Fase I

Período: 2010 - 2012

Descrição: Indução de boas práticas de desenvolvimento rural que levem a conservação da bidiversidade nas 10 Reservas da Biosfera da Pan-Amazônia. A primeira fase do projeto consiste num levantamento socioambiental de cada uma das RB.

Alunos envolvidos: Graduação: (1).

Integrantes: Claudio Fabian Szlafsztein - Integrante / jose edilson rodrigues - Integrante / Luis Eduardo Aragon Vaca - Coordenador / Mario Amin - Integrante / Joao Paulo Araujo Pascoal - Integrante.

Financiador(es): United Nation Educational, Scientific and Cultural - Auxílio financeiro.

Projeto: Comparative Assessment of Coastal Vulnerability to Sea-Level Rise at Continental Scale

Período: 2009 - 2013

Descrição: O projeto Comparative Assessment of Coastal Vulnerability to Sea-Level Rise at Continental Scale COMPASS tem uma duração de 48 meses e está composto por pesquisadores das seguintes universidades, centros de pesquisa e organizações não governamentais (Christian Albrecht s University Kiel (Alemanha), Potsdam Institute for Climate Impact Research (Alemanha), University of the Aegean (Grecia), Universidad Nacional de La Plata (Argentina), Universidade Federal do Pará (Brasil), CODESOSUR-SINERGIAS (Chile). Os objetivos do projeto são (i) conduzir analises na escala continental relacionadas com os impactos e a vulnerabilidade costeira do aumento do nível do mar na Europa e em Sul America utilizando a ferramenta de modelagem DIVA (Dynamic Interactive Vulnerability Assessment) desenvolvida no contexto do projeto DINASCOAST financiado pela EU; (ii) Avaliar o desempenho do DIVA em áreas onde ocorra uma limitada disponibilidade de dados e baseado em nos resultados de estudos de campo e experiência previa; (iii) avaliar comparativamente os resultados obtidos com o uso do DIVA nas regiões mencionadas e comparar estes resultados com outros obtidos com métodos de avaliação de vulnerabilidade já utilizados em outros países; e (iv) explorar a possibilidade de desenvolver versões regionais do DIVA. Os objetivos do COMPASS serão alcançados numa serie de visitas intercâmbios com vistas a transferir o conhecimento e a experiência do modelo DIVA aos parceiros de Argentina, Brasil e Chile; a aplicar e avaliar o DIVA nas áreas de estudo; comparar as avaliações em diversas regiões e finalmente explorar a possibilidade de desenvolvimento de versões regionais e de maior detalhe do modelo. A relevância do projeto esta dada pela possibilidade de integrar o conhecimento e o uso de modelos para a avaliação da vulnerabilidade costeira, organizar atividades de treinamento e prover estratégias uteis aos países de Sul America na resposta aos severos impactos do aumento do nível do mar. . 

Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .

Integrantes: Claudio Fabian Szlafsztein - Integrante / Jochen Hinkel - Coordenador / Enrique Schnack - Integrante / Elias Symeonakis - Integrante.

Financiador(es): Comunidade Europeia - Auxílio financeiro. 

Projeto: Estudos de Viabilidade Municipal: Análise e Proposições para o Ordenamento do Território na Amazônia Brasileira

Descrição: O projeto tem por objetivo estudar a dinãmica territorial municipal na Amazônia Brasileira e os projetos de redivisão territorial com a criação de novos municípios com a finalidade de contribuir para os estudos de viabilidade municipal e para a gestão e o ordenamento do território.

Período: 2013 - Atual

Integrantes: Gilberto de Miranda Rocha - Coordenador.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: A Dinâmica Territorial na Área de Influência de Usinas Hidrelétricas no Estado do Pará

Descrição: O estudo tem por objetivo o mapeamento da dinâmica territorial em áreas de influência de projetos de aproveitamento hidrelétrico em diferentes regiões de integração do estado do Pará.

Período: 2012 - Atual

Integrantes: Gilberto de Miranda Rocha - Coordenador.

Financiador(es): Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Estado - Auxílio financeiro.

Projeto: Parceria e Desenvolvimento Municipal na Amazônia paraense

Descrição: O Projeto tem por objetivo o estudo das relações (parcerias) entre instituições e organizações sociais na escala local e sua influência na gestão territorial municipal do estado do Pará.

Período: 2012 - Atual

Integrantes: Gilberto de Miranda Rocha - Integrante / Mário Vasconcellos Sobrinho - Coordenador.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Meio Ambiente, População e Desenvolvimento: Migrações Internas na Pan-Amazônia

Período: 2011 - 2016

Descrição: No marco do Grupo de Pesquisa Meio Ambiente, População e Desenvolvimento da Amazônia (MAPAZ), este projeto busca identificar e analisar os padrões de migração interna na Pan-Amazônia e em cada Amazônia nacional, utilizando os dados dos últimos censos de cada país... 

Integrantes: Gilberto de Miranda Rocha - Integrante / Luis Eduardo Aragon - Coordenador.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Estudos Municipais: Análise e Proposições para a Gestão Integrada do Território

Período: 2010 - 2012

Descrição: O Presente projeto tem por objetivo a realização de estudos sobre a dinâmica territorial municipal na Amazônia brasileira na perspectiva de apoiar as instituições regionais na gestão integrada do território, principalmente no que diz respeito ao ordenamento territorial municipal.

Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissionalizante: (1) . 

Integrantes: Gilberto de Miranda Rocha - Coordenador / Teisserenc, Pierre - Integrante / Vasconcellos, Mario - Integrante / Sérgio Cardoso de Moraes - Integrante.

Financiador(es): Instituto de Desenvolvimento Econômico Social do Pará - Cooperação.

Projeto: BELÉM DE ÁGUAS E ILHAS - 400 ANOS: saberes, usos, memórias e história da insularidade.

Período: 2014 - Atual

Descrição: O objetivo geral deste projeto é a elaboração de uma história ambiental da cidade de Belém na perspectiva de estabelecer o diálogo necessário entre o presente e o passado, de modo a tornar inteligíveis os saberes, fazeres e usos que a sociedade, em sua diversidade e complexidade, elabora e constroe em suas diferentes cidades imaginárias e reais na e da cidade. As quais expressam ambientes, percepções e representações de cidadania, espacialidades e temporalidades, que os termos normativos da ciência, da justiça, do calendário e do território administrativo, pré-estabelecidos, não dão conta e não contam a História. Impõe-se nesta abordagem adotar a profícua multi e interdisciplinaridade com as diversas áreas do conhecimento. Colocando em prática a adequação e interação de metodologias e procedimentos analíticos, que possibilitem os diálogos pertinentes entre diversas áreas de conhecimento na reconstrução de uma história, em que o passado e o presente, sociedade e natureza, percepções e representações, memórias e história da e na construção da cidade, se torne inteligível. Captar, recuperar e tornar conhecida a cidade insular na realidade, na imaginação, na sensibilidade, no coletivo, na insularidade, no continente e nas águas, relativizadas nas percepções e representações que resultam das e nas alteridades dos ambientes e dos grupos sociais que vivem e convivem em Belém é a finalidade deste projeto. Os Objetivos específicos são: 1-Pesquisar e recuperar as informações sobre a apropriação, ocupação e usos das ilhas que compuseram e compõem os termos normativos da cidade de Belém, com a finalidade de elaborar uma narrativa historiográfica da cidade insular em Belém, recuperando os processos socioambientais que se realizaram. Buscar-se-á recuperar a história socioambiental das ilhas na interação com a história da cidade continental, evidenciando as principais representações construídas sobre as ilhas, pelos moradores e o poder público. 2-Recuperar e (re)elaborar uma cartografia histórica representativa da cidade insular-continental: águas, ilhas e continente. . 

Integrantes: Maria Goretti da Costa Tavares - Coordenador / Maria das Graças da Silva - Integrante / Leila Mourão Miranda - Integrante / José Augusto Pádua - Integrante.

Projeto: Turismo na Amazônia: mudanças e permanências das políticas públicas de turismo no território paraense (2001- 2011)

Período: 2012 - 2013

Descrição: Projeto financiado pelo CNPQ através do edital Ciências humanas - 2012. 

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) .

Integrantes: Maria Goretti da Costa Tavares - Coordenador / Maria Augusta Freitas Costa - Integrante / Willame de Oliveira Ribeiro - Integrante / Hugo Rogério Hage Serra - Integrante / Álvaro Negrão do Espírito Santo - Integrante / Jorge Alex de Almeida Souza - Integrante.

Projeto: Turismo e desenvolvimento sócio-espacial na Amazônia brasileira e francesa

Período: 2009 - 2013

Descrição: Estudar as políticas e o planejamento de territórios voltados para o turismo analisando como a perspectiva de um planejamento territorial sustentável e o processo de mobilização dos grupos sociais tem sido considerado em suas formulações, em territórios da região amazônica incluindo os estados do Pará e Amapá, e Guiana Francesa, respectivamente. Objetivos Específicos a) Analisar e comparar os fundamentos teórico-metodológicos que orientam a elaboração e efetivação de políticas públicas e planejamento territorial voltados para o turismo nos estados do Pará e Amapá (Amazônia brasileira) e na Guiana Francesa, na perspectiva do desenvolvimento socioeconômico e espacial dos territórios e da participação dos atores sociais locais nesse processo; b) Identificar quais os principais agentes sociais presentes no processo de ordenamento do território para o turismo, as modalidades de suas ações, os eventuais conflitos de apropriação e uso de lugares e espaços; c) Analisar de que forma as políticas públicas direcionadas para o Turismo contribuem para o desenvolvimento socioeconômico e gestão sustentável dos territórios recortados na região considerada; d) Analisar se as estratégias voltadas para a dinamização de espaços turísticos tornam possível a participação das comunidades e contribuem para o desenvolvimento territorial local; e) Identificar quais os principais agentes sociais presentes nos processos de planejamento dos territórios turísticos do Marajó e na fronteira Oiapoque e Guiana Francesa; f) Identificar áreas de intervenção prioritária para o turismo capaz de promover efeito multiplicador no desenvolvimento territorial local.

Alunos envolvidos: Graduação: (1)

Integrantes: Maria Goretti da Costa Tavares - Coordenador.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Trajetórias sociopolíticas de Sindicalistas da Transamazônica e Sudeste Paraense

Período: 2010 - Atual

Descrição: Em que pese a efetiva contribuição ao desenvolvimento regional, lideranças camponesas permanecem no anonimato ou com reconhecimento restrito à propria categoria socio profissional, salvo excessões guindadas ao heroísmo e projeção internacional em condições de conflito ou post mortem. Constroem trajetórias que vão desde os longínquos e esquecidos povoados em que nasceram até os centros de poder nos seus estados e no país, ocupando cargos diversos e defendendo propostas ligadas à melhoria das condições de vida de sua base, quando mantem a coerencia política. Analisar dados biográficos acompanhando suas trajetórias pode ser uma maneira de entender o capital social e político que acumularam, compreendendo a crescente visibilidade da agricultura familiar no país e sua perspectiva promissora na Amazônia. A pretensão deste projeto é de ler o conjunto de trajetórias e seu contexto de representação camponesa em espaços alternados entre o rural e o urbano no Sudeste do Pará e na Transamazônica Paraense. . 

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Gutemberg Armando Diniz Guerra - Coordenador / Aluisio Fernandes da Silva Junior - Integrante / William Santos de Assis - Integrante / Maria Natalia Silva Brito - Integrante / Gláucia de Sousa Moreno - Integrante / Verônica Ferreira Freire - Integrante / Fernanda Macieira Soares Souza - Integrante / Ricardo Eduardo de Freitas Maia - Integrante.

Projeto: Governar com participação

Período: 2004 - Atual

Descrição: Considerando que o desenvolvimento territorial se define como um processo de mobilização dos atores de um território que buscam se organizar para cooperar a partir de iniciativas e em torno de um projeto, o programa de pesquisa se prenderá a compreender o funcionamento das instituições que foram acionadas para acompanhar este processo, a identificar a natureza dos acordos entre os atores e a exeqüibilidade destes acordos. Este programa procurará igualmente qualificar a mobilização sobre a qual se apóiam as políticas locais de desenvolvimento a partir de um estudo comparativo das políticas conduzidas pelas cidades de Saint Denis (93) e de Belém. Enfim, o programa visará definir os perfis dos políticos locais responsáveis por estas políticas e identificar os fatores que explicam seu engajamento e o acesso às competências requeridas para a condução de suas missões.. 

Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Gutemberg Armando Diniz Guerra - Coordenador / Maria de Nazare Angelo Menezes - Integrante / Iran Pereira Veiga Jr. - Integrante / JEAN HEBETTE - Integrante.

Financiador(es): Universidade Federal do Pará - Remuneração / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.

Projeto: Dinâmicas Econômicas e Ordenamentos Territoriais dos Grandes Projetos de MIneração no Estado do Pará (2009-2014)

Período: 2009-Atual

Descrição: O projeto tem por finalidade analisar, examinar e diagnosticar os impactos da atividade minero-metalurgica no Estado do Pará, em especial nos municípios de Parauapebas, Paragominas e Barcarena e seus desdobramentos no ordenamento territorial, na redefinição da dinâmica econômica local e nas finanças públicas municipais no período de 2009 a 2014.. 

Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . 

Integrantes: Joao Marcio Palheta da Silva - Coordenador / Clay Anderson Chagas - Integrante / Carlos Alexandre Bordalo - Integrante / Christian Nunes da Silva - Integrante / Glaucia Rodrigues Nascimento Medeiros - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Uso do Território e Impactos Sócio-Ambientais da Atividade Mínero-Metalúrgica nas cidades de Parauabepas e Juruti, no estado do Pará

Período: 2011 - 2013

Descrição: Analisar, examinar e diagnosticar os impactos da atividade mínero-metalúrgica no Estado do Pará, em especial nos municípios de Parauapebas e Juruti e seus desdobramentos sócio-ambientais, populacionais, no reordenamento do espaço agrário, na redefinição da dinâmica econômica local e nas finanças públicas municipais a partir da chegada dos grandes empreendimentos mínero-metalúrgicos . 

Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1).

Integrantes: Joao Marcio Palheta da Silva - Coordenador / Clay Anderson Chagas - Integrante / Otavio do Canto - Integrante / Carlos A.L. Bordalo - Integrante / Christian Nunes da Silva - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Análise Fiscal, Desenvolvimento Regional e Políticas Públicas

Período: 2014 - Atual

Descrição: Este projeto de pesquisa objetiva o estudo e acompanhamento de maior folego das contas públicas municipais e dos diferentes componentes de financiamento dos entes subnacionais locais amazônicos. A confluência entre a análise, acompanhamento e socialização das condições de financiamento do poder estatal local (municípios), considerando, também, as características dos gastos públicos e sua influência sobre o desenvolvimento local, constitui necessário esforço de estudos ao qual este projeto se presta. Vale reforçar que a inter-relação entre desenvolvimento econômico e ação do Estado capitalista é de muito conhecida, sendo que nas diversas sociedades modernas as funções clássicas de Estado são exercidas com expressiva participação do agente estatal no Produto Interno Bruto (PIB) das mesmas, inclusive e, principalmente, nas esferas subnacionais.. 

Integrantes: João Santos Nahum - Coordenador / José Raimundo Barreto Trindade - Integrante / Joana Valente Santana - Integrante.

Projeto: Dendeicultura, comunidades tradicionais e segurança alimentar na Amazônia paraense

Período: 2013 - Atual

Descrição: Enfocamos as relações entre dendeicultura, comunidades tradicionais e segurança alimentar na Amazônia paraense. Partimos do pressuposto que a chegada da dendeicultura na Amazônia paraense, nos municípios de Moju, Acará e Tailândia, na macrorregião do Nordeste, é um evento( NAHUM, 2013) que reorganiza a paisagem rural outrora constituída de propriedades, onde se desenvolvia a pecuária e produção de lavoura branca e mandioca, predominando agora uma configuração territorial marcada por extensas e monótonas paisagens de palmas de dendê. Além da paisagem e da configuração territorial, reorganiza-se a dinâmica social, enfim o espaço geográfico ou território usado, pois a dendeicultura metamorfoseia populações tradicionais e seu modo de vida, em agricultores familiares produtores de dendê ou mesmo em assalariados rurais das empresas. Objetivamos identificar, caracterizar e examinar que impactos da expansão da dendeicultura na produção de alimentos das comunidades tradicionais dos municípios de Moju, Acará, e Tailândia, no nordeste paraense. A hipótese estruturadora da pesquisa é que a atividade produtiva do dendê ocupa o primeiro plano no mundo do trabalho das comunidades, não restando ao camponês tempo nem energia física para o cultivo de alimentos para subsistência e comércio no mercado local, como por exemplo a lavoura da mandioca.

Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (2).

Integrantes: João Santos Nahum - Coordenador / Leonardo Lima Vieira - Integrante / Elany Cristina Barros da Silva - Integrante / Elvecia Noleto Nascimento - Integrante / Adolfo da Costa Oliveira Neto - Integrante / Ana Claudia A. de Carvalho - Integrante / André Luís A. de Farias - Integrante / Antonio Tiago Correa Malcher - Integrante / Cleison Bastos dos Santos - Integrante / Elias Diniz Sacramento - Integrante / Elienai de V. dos Santos - Integrante / Felipe Luan Castro da Costa - Integrante / Franciney Carvalho da Ponte - Integrante / Genilson Pompeu Pinto - Integrante / Geysa Lunara do Prado Leão - Integrante / Gilberto de Souza Marques - Integrante / Herbert Luis Alfaia de Souza - Integrante / João dos Santos Carvalho - Integrante / José Aparecido L. Dourado - Integrante / Jose Guilherme C. da Silva - Integrante / Jovenildo Cardoso Rodrigues - Integrante / Marcia A.da Silva Pimentel - Integrante / Tarcísio Feitosa da Silva - Integrante / Márcio Júnior B. Barros - Integrante / Mílvio da Silva Ribeiro - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Usos do território, dendeicultura e modo de vida quilombola na Amazônia: estudo da microrregião de Tome-Açu(PA).

Período: 2012 - 2014

Descrição: O projeto procura identificar e examinar os impactos da dendeicultura sobre o modo de vida dos territórios quilombolas na microrregião de Tomé-Açu. Dentre seus objetivos específicos temos: Periodizar e descrever a evolução dos usos da terra pela dendeicultura na microrregião de Tomé-Açu; analisar os elementos explicativos (sociais, institucionais, políticos) da evolução dos usos da terra pela dendeicultura e relacioná-la com a construção e reconfiguração de usos do território na microrregião de Tomé-Açu; identificar, expor e analisar as relações entre a formação do mercado de terras e a expansão do agronegócio do dendê na microrregião de Tomé-Açu; periodizar, descrever e analisar o modo de vida do território quilombola na microrregião de Tomé-Açu antes e a partir do agronegócio do dendê; Apontar e examinar os impactos ambientais, sociais e econômicas do modelo de desenvolvimento rural impulsionado pelo agrocombustível e agronegócio do dendê na microrregião de Tomé-Açu.

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .

Integrantes: João Santos Nahum - Coordenador / Maria Albenize Farias Malcher - Integrante / Paulo Roberto Carneiro da Paixão Júnior - Integrante / Gutemberg Guerra - Integrante / Tabilla Verena da Silva Leite - Integrante / Marc Piraux - Integrante / Jucilene Belo de Oliveira - Integrante / Cleison Bastos dos Santos - Integrante / João dos Santos Carvalho - Integrante / Ana Claudia Alves de Carvalho - Integrante / Kamila da Costa Rêgo - Integrante / Mirlei Fachini Vicente Pereira - Integrante / Daniel Araujo Sombra Soares - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Bolsa / Universidade Federal do Pará - Bolsa.

Projeto: Cidades da/na floresta: horizontalidades e verticalidades na produção social do espaço e nas políticas de desenvolvimento urbano e regional na Amazônia

Período: 2012 - Atual

Descrição: A pesquisa se volta para a compreensão da relação cidade e região na Amazônia. Discute, em particular, a interação cidade-floresta, levando-se em conta a maneira como núcleos urbanos, que passaram por processos de transformações diferenciados na Amazônia oriental, situam-se e interagem, como espaços relacionais que são, com seus respectivos entornos geográficos, fortemente marcados pela presença/ausência da floresta. Para isso, considera-se, por meio das dinâmicas dos agentes e de suas respectivas práticas socioespaciais, um conjunto de relações horizontalidades e verticalidades originadas em escalas geográficas distintas (locais, regionais, nacionais e globais), mas integrantes das novas dinâmicas intraurbanas locais. Com o objetivo de compreender a produção da cidade e da vida urbana na região, toma-se como pressuposto o sentido e a importância da floresta para as dinâmicas e configurações urbanas. Segundo a perspectiva metodológica que orienta a proposta de pesquisa, a floresta é assumida tanto na sua relação que estabelece com a cidade, em sua condição de espaço socialmente produzido, como nas suas múltiplas dimensões (ecológica, econômica, lúdica, funcional e simbólico-cultural). Esse pressuposto, assim considerado, possibilita analisar a produção social do espaço em três realidades urbanas (Marabá, Santarém e Cametá) e situadas em contextos sub-regionais distintos.. 

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Saint-Clair Cordeiro da Trindade Júnior - Coordenador / Michel de Melo Lima - Integrante / Tatiane de Cássia Silva da Costa - Integrante / Débora Aquino Nunes - Integrante / Gesiane Oliveira Trindade - Integrante / Helbert Michel Pampolha Oliveira - Integrante / Suelem Maciel Cardoso - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Projeto: Cidades médias e reordenamento territorial na Amazônia: da centralidade econômica à centralidade política sub-regional

Período: 2011 - 2013

Descrição: A pesquisa dá continuidade a investigações anteriores que discutiram a relação cidade e região na Amazônia. Insere-se igualmente em um processo de trabalho coletivo que se desenvolve em nível nacional entre pesquisadores interessados no estudo sobre as cidades médias no Brasil, no sentido de se consolidar enquanto rede nacional. No seio desse projeto coletivo, a pesquisa busca essencialmente: a) avançar na compreensão da relação cidade média e região na Amazônia; b) adensar reflexões teóricas sobre as cidades médias no Brasil, relacionando às sistematizações empíricas desse nível de cidade na Amazônia; c) contribuir para a consolidação de linhas e pesquisa que abordam a urbanização na Amazônia nos programas de pós-graduação nos quais se insere. O foco central de análise volta-se para a relação entre as centralidades apresentadas por cidades médias e os processos de fragmentação e de reordenamento territorial em curso na Amazônia oriental. Tendo em vista esse empreendimento, são consideradas como referências empíricas de análise duas cidades médias paraenses Marabá e Santarém -, assim como suas respectivas sub-regiões de influência o Sudeste do Pará e o Oeste Paraense , a partir das quais está sendo proposta, respectivamente, a criação de dois novos estados da federação: o estado de Carajás e o estado do Tapajós. O significado das cidades médias em referência será discutido com base na importância das mesmas para as sub-regiões das quais fazem parte, enfatizando-se as centralidades econômicas e políticas por elas apresentadas diante do contexto de reestruturação socioespacial que se processa na Amazônia paraense.

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2).

Integrantes: Saint-Clair Cordeiro da Trindade Júnior - Coordenador / Maria Júlia Veiga da Silva - Integrante / Tatiane da Costa Maia - Integrante / Hugo Rogério Hage Serra - Integrante / Michel de Melo Lima - Integrante / Débora Aquino Nunes - Integrante / Gesiane Oliveira Trindade - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: A cidade e o rio na Amazônia: mudanças e permanências face às transformações sub-regionais

Período: 2009 - 2012

Descrição: A pesquisa busca compreender a relação cidade e rio na Amazônia levando-se em conta mudanças e permanências referentes à dinâmica e à caracterização de cidades consideradas ribeirinhas em três contextos sub-regionais diferenciados (Sudeste do Pará, Oeste Paraense e Baixo Tocantins), no Estado do Pará (Amazônia oriental). A centralidade da discussão diz respeito às repercussões decorrentes da reestruturação do espaço amazônico nas últimas décadas e seus rebatimentos na forma de articulação da cidade com o rio, considerando vivências e fluxos que marcam a organização sócio-espacial de três cidades (Marabá, Santarém e Cametá) de nível intermediário na rede urbana regional. Pretende-se, a partir dessas três realidades urbanas, destacar o papel que a cidade ribeirinha amazônica assume em realidades que se inseriram de forma diferenciada nas políticas de ordenamento territorial das últimas décadas e, ao mesmo tempo, chamar a atenção para as particularidades sub-regionais existentes que demarcam diferentes espacialidades e territorialidades, e que sugerem, igualmente, políticas públicas diferenciadas quando se considera a relação cidade-rio na Amazônia.

Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4).

Integrantes: Saint-Clair Cordeiro da Trindade Júnior - Coordenador / Jovenildo Cardoso Rodrigues - Integrante / Michel de Melo Lima - Integrante / Gleice Kelly Gonçalves da Costa - Integrante / Tatiane de Cássia Silva da Costa - Integrante / Débora Aquino Nunes - Integrante / Gesiane Oliveira Trindade - Integrante / Ana Luiza de Araújo e Silva - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Projeto: Ajustes espaciais na faixa de fronteira da Amazônia setentrional brasileira: dos dilemas espaciais à defesa do território

Período: 2009 - 2012

Descrição: O projeto visa a analisar os diversos aspectos das dinâmicas espaciais do Amapá que lhes são sugeridas pelas políticas públicas de ordenamento territorial e as transformações socioespaciais e ambientais desse Estado a partir dos seguintes enfoques: o geoeconômico, ao analisar os setores econômicos atuantes no espaço amapaense e os reflexos na sua organização espacial; o geopolítico, ao estudar a importância da cidade na defesa da fronteira amazônica; o sociogeográfico, ao analisar as transformações espaciais e os seus reflexos na dinâmica territorial amapaense. Ao se observar a dinâmica espacial amazônica, percebe-se que essas dinâmicas foram estimuladas com a construção de vias de comunicação rodoviária e aceleradas com as conexões aérea, marítima, fluvial e informacional. Nesse sentido, as cidades da região guardam especificidades que precisam ser entendidas e explicadas, seja pelas suas origens e construções, seja pelas intensas transformações espaciais nelas existentes (demográfica, modernização dos serviços urbanos, funções, nterações urbanas, dentre outras). Com isso, os ajustes espaciais nelas presentes não conseguem acompanhar as dinâmicas, a magnitude e as velocidades de crescimento urbano que nelas se manifestam. As questões orientadoras para este trabalho são as seguintes: Quais foram os impactos dos ajustes espaciais nas cidades pequenas e médias da faixa de fronteira amapaense à medida que próteses e sistemas de engenharias foram implantados? Quais fatores foram definidores para que se constituíssem as cidades pequenas e médias da faixa de fronteira paraense e amapaenses? Como se comporta a defesa do território nos municípios da faixa de fronteira do Pará e Amapá?.

Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1).

Integrantes: Saint-Clair Cordeiro da Trindade Júnior - Integrante / Ana Regina Ferreira da Silva - Integrante / Jadson Luís Rabelo Porto - Coordenador / Armin Mathis - Integrante / Gutemberg de Vilhena Silva - Integrante / Daniela Costa Guimarães - Integrante / Giselly Marília Thalez - Integrante / Lúcia Furlan - Integrante / Magno José Távora de Mendonça - Integrante / Aldomar Rükert - Integrante.

Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

Projeto: Território, Produção do Espaço e Violência Urbana: Uma leitura geografia da criminalidade na Região Metropolitana de Belém.

Período: 2013 - atual

Descrição: Há um crescente aumento de insegurança nos espaços urbanos, o medo generalizado da violência, está espalhado por todo país, se antes essa questão era inerente as grandes cidades, hoje é uma realidade cada vez mais presente nas diversas escalas urbanas. Virou um fenômeno nacional, presente no cotidiano do país. A violência no Brasil está se manifestando de forma alarmante transformando a vida da população numa preocupação alarmante, visto pelo medo cada vez maior da criminalidade, deve-se a um conjunto de fatores, que passam pela ampliação do processo de urbanização, que espraia as áreas das regiões metropolitanas, ocasionado por processo de urbanização concentrada (SANTOS, 2008). Precários indicadores sociais, associados à baixa perspectiva de ascensão social da população mais jovem, além do processo de migração do crime de áreas tradicionalmente violentas para as periferias das cidades, produzindo assim, novas territorialidades (CHAGAS, 2012). Esse processo de urbanização concentrada produz uma reestruturação espacial, que altera a dinâmica urbana e gera novas territorialidades. Assim as políticas públicas não conseguem fazer emergir com eficiência e eficácia um plano de segurança pública capaz de amenizar a violência generalizada no espaço urbano. Outro ponto importante, que é a prevenção e combate as ações de violência quase sempre acontecem de forma dissociada de ações de outros órgãos e entidades públicas, tratam a criminalidade e a violência urbana como mero caso de polícia. No contexto específico do estado do Pará este quadro de urbanização acelerada também pode ser observado, principalmente a partir dos anos de 1960, com a implementação da modernização da fronteira , que cominou com a intensificação do processo de migração inter-regional, cidades como Marabá, Parauabepas e a Região Metropolitana de Belém, entre outras, tiveram um rápido crescimento populacional. Um dos principais problemas causados por esse crescimento populacional acelerado e concentrado nas cidades paraenses foi fenômeno da violência. Na Região Metropolitana de Belém, a elevação do índice de violência, está diretamente relacionada ao processo desigual de produção do espaço, conforme pensado por Gottdiener (2010) o que produz espaços de segregação induzida que apresentam precários indicadores sociais. Esses indicadores sociais provocam uma baixa perspectiva, principalmente na camada mais jovem da população, que são as principais vítimas fenômeno da violência e da criminalidade (MELO, 2012). O espaço urbano é produto das relações e interações dos acontecimentos que ocorrem dentro do espaço concreto ou físico de uma determinada área urbana. Em função de sua complexidade é necessário definir as concepções que envolvem os conceitos de espaço, território, territorialidade e quais autores serão usados para fazer essa abordagem. Assim nossa proposta de trabalho é analisar como o processo de reprodução do espaço urbano na Região Metropolitana de Belém contribuiu para formação de novas territorialidades e suas relações com o processo de ampliação dos índices de criminalidade e violência. Estamos desenvolvendo essa temática de pesquisa, na Região Metropolitana desde 2011. Já foram produzidos diversos trabalhos acadêmicos, como: Trabalhos de Conclusão de Curso, artigos públicos em Anais de eventos científicos, artigos em livros, entre outros. O presente projeto será realizado em parceria com a Secretária de Segurança Pública do Pará - SEGUP, em especial com a Subsecretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal SIAC, que vem nos fornecendo os dados criminais do Estado do Pará, desde 2011 e a Policia Militar do Estado do Pará. A Faculdade de Geografia e Cartografia, através do Grupo Acadêmico Produção do Território e Meio Ambiente GAPTA, vem realizando cursos de capacitação em geoinformação para agentes de Segurança Pública.

Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .

Integrantes: Clay Anderson Nunes Chagas - Coordenador / João Marcio Palheta da Silva - Integrante / Christian Nunes da Silva - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

PARCEIROS